O Anseio por Liberdade

Parece que a história se repete. O que aconteceu com Israel no Egito é semelhante ao que acontece agora com o povo do Egito.

Eles também cansaram.
Já não aguentavam o peso que carregavam pra viver nas condições oferecidas.
Só sabe o que é isso aquele que foi oprimido.
Que trabalhou debaixo do sol e chegando em casa vê seu pequeno filho chorando. Sua esposa já está desesperada.
A mesma história ele viveu com seus pais e nada tinha mudado. Quem aguenta tanta opressão ?

Os jovens por si só crescem com sonhos de revolução.
Os gritos em sua alma parece que soam mais alto.

No capítulo de Êxodo, a Biblia relata que ” … e os sujeitaram a cruel escravidão.
Tornaram-lhes a vida amarga, impondo-lhes a árdua tarefa de preparar o barro e fazer tijolos, e executar todo tipo de trabalho agrícola; em tudo os egípcios os sujeitavam a cruel escravidão.” (Êxodo 1:13-14)

Penso que existem várias formas de tornar a vida de pessoas amargas. Basta o grupo organizado (organização), um sistema, impor-se sobre as pessoas dando-lhes pesos para carregar no caminho, muito maior do que eles podem suportar.
Muitos são motivados egoistamente. Para seus prazeres muitos sofrem. Muitos perdem os que amam por baixa condições de ajudá-los. Muitos que vivem e trabalham e mantém o sistema “totalitário” de pé. E lá no topo, alguém se exibe, muitos flashes, têm o gosto do poder, do dinheiro e do prazer… prazer passageiro e traídor daquilo que se consegue de forma errada nesta vida.


A tolerância deve ter um limite.
O ser humano deve aguentar a opressão até certo ponto,
e depois, a custo de perder sua vida, ele enfrenta o sistema e busca a liberdade. Isso me levou a pensar que os HOMENS anseiam por liberdade.

Esse grito de NÃO AGUENTO MAIS foi ouvido por Deus no relato bíblico:
Disse o Senhor: “De fato tenho visto a opressão sobre o meu povo no Egito, e também tenho escutado o seu clamor, por causa dos seus feitores, e sei quanto eles estão sofrendo.” (Êxodo 3:7)

Essa é uma revolução célebre das histórias cristãs.
Deus se levanta e envia alguém para libertar seu povo oprimido e escravizado.

Com rascunhos que sei da história, percebi que o grito por liberdade se repetiu:
– vemos ele na inconfidência mineira com o custo da vida de Tiradentes entre outros em prol de sua causa.
– vemos isso no grito de liberdade do Brasil “independência ou morte”, estávamos prontos para morrer lutando pela liberdade e fim do roubo e crueldades de Portugal sobre nossa nação.
– vemos isso nas teses de lutero que ousou expô-las e ensiná-las, disponibilizando a palavra de Deus (Biblia) ao acesso de todos. Para isso, ele sabia que poderia ser o próximo a ir para a fogueira por sua própria “irmandade” (a igreja da época), ou morrer de qualquer outra forma.

A história atual do Egito não é diferente.
É um grito de NÃO AGUENTO MAIS.
E se alguém perguntasse: mas você pode morrer, você sabe?
Acho que muitos responderiam: tudo bem, estou pronto pra isso.
E foi isso que aconteceu.

O custo do início de uma liberdade por lá foram vidas de manifestantes que não aguentavam mais ficar calados.
A liberdade custa vida. Olhe para história.

Sei que várias revoltas e manifestações não tiveram fins apenas do que chamamos “vontade de Deus”.
Mas acredito que agrada a Deus a liberdade de todo Homem, pois foi nessa condição que Ele nos deixou a viver por aqui.
Na liberdade de escolher a parte boa ou má da vida, o lado A ou o B.

E depois de expor tudo isso sobre o ANSEIO QUE TEMOS DE LIBERDADE…
Não tem como não pensar que isso tudo tem haver com Jesus.

Para a liberdade daqueles que creem em Cristo, Jesus deixou-se ser morto.
A custo de dor, sofrimento e humilhação…
Ele gritou que seremos livres se crermos nEle.
Ele, Jesus, é o exemplo do grito da liberdade, do anseio por liberdade e de alguém, que mesmo sendo Deus, mas em forma humana, expos-se em prol da causa divina que acreditava a custo de sua vida.

” Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;” (João 11:25)

Anúncios

Uma resposta para “O Anseio por Liberdade

  1. Pingback: Tweets that mention O Anseio por Liberdade « Ainda assim eu vou escrever! -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s