O que podemos fazer diante das trágedias…

Fiquei distante das notícias televisivas quinta e sexta-feira. Não por medo, mas pela rotina.

No almoço de quinta-feira, me perguntaram: “você ficou sabendo o que aconteceu no Rio?” – respondi que não. Então, passando em frente a um colégio em uma travessa da AV. Paulista, ele me contou que crianças tinham sido mortas, dentro da escola… (como aquelas que víamos em nossa volta na calçada).

Minha resposta: “muito forte tudo isso. Só de ouvi falar emociona. Me segurei na hora, na rua, na rotina, nas tarefas “profissionais”…. ”

Ontem, sexta-feira, a noite, pude ver outras reportagens, vi os videos das câmeras da escola e de um video amador.
Não contive as lágrimas…

Tem situações ou melhor, diante das tragédias, melhor é pouco falar se for só por falar.

Vi um video que melhor expressa o que devemos fazer diante das barbaridades na vida.

(fonte: via Diante de Deus)

nos ajoelharmos diante de Deus e, por meio de Jesus,
pedir perdão pelo abandono do Homem a vontade e a palavra de Deus – pedir Misericórdia.
(uma parte do que podemos fazer, porque ainda faltam atos como abraçar, consolar, ser apoio, orar por eles, dar ânimo aos envolvidos… mostrar e não deixar só)

O que li na net que vale a pena compartilhar:

1)

” Ao som de louvores evangélicos, foi enterrado no final da manhã desta sexta-feira (8) o corpo da adolescente Larissa Santos Atanásio, de 13 anos, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ela é uma das vitimas do atirador Wellington Oliveira, que ontem invadiu a Escola Municipal Tasso de Oliveira, em Realengo, também na zona oeste e atirou contra os alunos.

Durante o sepultamento, o clima foi de muita tristeza e consternação.

O irmão mais velho de Larissa, Felipe Atanásio, fez uma oração levando os familiares e amigos às lágrimas. “Assim que a minha irmã foi batizada ela virou uma militar. Não do Exército, da Aeronáutica e da Marinha e sim de Cristo. Agora ela vai para as fileiras celestiais e vai subir de patente”, disse o jovem, que frequenta, assim como a família, uma igreja presbiteriana. “ (via @Pavablog )

2)


Menino evangélico foi o único a ser poupado por atirador em RealengoMateus Moraes conta que pediu a Deus e teve clemência do atirador

” Mateus Moraes, 13 anos, foi talvez o único aluno que teve a clemência do atirador Wellington Menezes, na Escola Municipal Tasso Vieira, em Realengo. Enquanto o criminoso disparava, frio e impassível contra seus colegas, Mateus orava perto do quadro negro, sem ser incomodado, na sala 1801, no primeiro andar do prédio da escola.

Eu estava em pé e era um dos mais nervosos. Pedi para ele não me matar, e ele disse: ‘Fica tranqüilo que não vou te matar.’ E não atirou em mim”, contou o menino. ” (via @pavablog ) ”

Mas como ouvi ontem, todos foram marcados direto ou indiretamente pelo ocorrido. Uma especialista chegou a comentar em uma entrevista na globo que as marcas psico/emocionais podem ser semelhantes a de uma guerra em todos presentes.

A dor é enorme. Muitos ainda choram e não há explicação.
Que o Senhor Jesus console os pais, avós e amigos.
Ele, Deus, enviou o Espírito Santo chamado também de O Consolador.
Peça a Jesus que lhe ajude neste momento.

Que façamos como o video nos diz.
E Que o Senhor nos perdõe e incline o nosso coração para Ele.

abs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s