Quer casar comigo ? Uma aliança ou dez dracmas.

Há uma instituição denominada Universidade da Familia, na cidade de Pompéia/SP (Clique Aqui para ver mais), que tem como objetivo valorizar e apoiar a familia, das crianças e jovens aos adultos. Em um desses treinamentos, aprendi que existem 3 palavrinhas mágicas que são cruciais e “ganham” as mulheres – “eu te amo”.

Em um culto na igreja em que participo (Betel) ouvi uma pregação em culto, feita pelo Pr. Clessios, sobre outras 3 palavrinhas, que acredito que tem um feito tão grande quanto “eu te amo”, ou ainda maior.

Essas palavrinhas são: “Quer casar comigo” ?
Palavras essas que são tão sonhadas e esperadas por muitas adolescentes, jovens e mulheres. Apesar de ver surgir na sociedade moderna um movimento anti-casamentos, ainda assim, grita dentro delas, e lhes passa momentos como este em suas mentes, quando seu então namorado/noivo as encontrarão, num lugar combinado, e de forma inesperada, tirará o anel do bolso, e lhe pedirá em casamento, para dividir e compartilhar a caminhada juntos, dali pra frente. (ooooooh que romantico rsrs – e é mesmo rs )

Neste dia, o Pastor falou sobre uma mulher, história ilustrada por Jesus, que perde uma dracma, e desesperada, MOVE-SE COM DEDICAÇÃO, revira a casa, até encontrá-la. Quando encontra, chama os vizinho e faz uma “GRANDE” festa, se alegra, comemora. As dracmas eram muito importantes para aquela mulher, apesar de ter perdido.

As 10 Dracmas, naquela região, era o que posso comparar como as alianças nos tempos modernos. As Dracmas registravam o pedido de casamento, as outras 3 palavras que citei: “quer casar comigo?”. A mulher devia guardar as dracmas até o casamento. Não podia ser comercializada e caso a mulher perdesse, demonstraria desinteresse, ou pior, ser descuidada, que não valoriza aquele momento, aquela história. Era um sinal importante dentro da tradição e cultura que permitira possivelmente que o futuro marido desistisse de tudo. Afinal, seria o mesmo que perder a aliança do pedido de casamento, antes da cerimônia oficial e do casamento.

Vejam o relato biblico…
“Ou, qual é a mulher que, possuindo dez dracmas e, perdendo uma delas, não acende uma candeia, varre a casa e procura atentamente, até encontrá-la?
E quando a encontra, reúne suas amigas e vizinhas e diz: ‘Alegrem-se comigo, pois encontrei minha moeda perdida’.
Eu lhes digo que, da mesma forma, há alegria na presença dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”.
(Lucas 15:8-10)

É como alguém que nos tempos de hoje pede a mulher em casamento… ou em noivado. Esperando aquilo tudo ser valorizado e gerado para o gde momento. O rito, a tradição, a cerimônia em si.

A tradição de tudo que precede o casamento, todos os preparativos, gera o grande envolvimento e preparativos emocionais para o grande dia. Penso que isso também acontece para o encontro de Jesus com sua Noiva. (a Igreja – todos aqueles que creem em Jesus)

Essa história não remete apenas a beleza do dia do casamento entre você e seu esposo(a). Mas se refere ao dia que Jesus encontrará a sua noiva, Ele já nos fez o convite, as dracmas estão em nossas mãos, e não podemos perde-Las até o grande dia da cerimônia.

Pense, pra Jesus, aqueles que creem nEle, são sua Igreja, Igreja de Cristo (com “I” maiúsculo, ou seja, não igreja que carrega uma placa aqui na terra, o todos que realmente creem nEle e nasceram de novo, não apenas quem frequenta uma igreja ou quem diz que acredita em Deus)

Jesus, sendo o noivo, vai vir buscar sua noiva. Sua noiva, a igreja, de todos que creem nEle, deve estar esperando, com as 10 dracmas. Com o anel/aliança do pedido em casamento.

Você se lembra quando Ele te chamou?
.

É como se Ele te dissesse e te convidasse a estar contigo por todo o resto de sua vida. Talvez você tenha se esquecido da voz do Grade Mestre Jesus. Talvez está tão distante e tão perdido. Mas se parou por aqui, para ler isto, algo dentro de você deve se mover para leva-lo para mais perto de Jesus. Onde estão as dracmas perdidas ? no culto, ele ilustrou, cada dracma significava uma característica do nosso relacionamento com Deus: oração, palavra, comunhão, perdão, arrependimento, adoração, dedicação, chamado, … qual dessas dracmas você não sabe onde deixou ? Quero te dizer para fazer como a mulher. BUSCAR COM DILIGÊNCIA, COM DEDICAÇÃO, REVIRAR A CASA (VIDA) e quando perceber que encontrou, SE ALEGRE, EM PAZ COM CRISTO, E JUNTO COM AS PESSOAS EM SUA VOLTA.

Jesus já pediu sua noiva em casamento. Ela aceitou. E a cada pessoa que passa a fazer parte dessa noiva, Ele se alegra. SEus olhos brilham e Ele tem sua esperança renovada (valeu a pena Pai). Assim na história é comparado que há alegria na presença dos anjos de Deus quando um pecador se arrepende… alegria semelhante da mulher que achou sua dracma e não passaria por descuidada. Ufa! deve ter pensado. Vamos comemorar, porque Ele ainda vai me aceitar. Até posso ter sido descuidada mas me recuperei. Obrigado Deus. Eu quero esperar o noivo…

Anúncios